Nordeste

O concelho da Ribeira Grande situa-se na costa norte da Ilha de São Miguel. Oferece aos visitantes sugestivos recantos paisagísticos, bem como uma forte riqueza patrimonial.

 

Situado bem próximo da freguesia de Porto Formoso, nos arredores da cidade de Ribeira Grande, o Miradouro de Santa Iria espelha bem a verdejante beleza da magnífica Ilha de São Miguel.

A Fábrica de Chá Gorreana mantém a sua actividade desde 1883. Com extensas plantações que se avistam em redor do edifício sede, ali se produz chá preto (variedades Orange Pekoe, Broken Leaf e Pekoe) e verde (Hysson) de qualidade reconhecida. Para além desta vertente, existe ainda uma outra, de carácter museológico, pois a fábrica continua a utilizar maquinaria do século XIX e inícios do século XX. Aqui também é possível provar as diversas variedades de chá.

O Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões é considerado uma área protegida. Uma das belezas a visitar na freguesia da Achada.

O Nordeste é considerado o concelho mais limpo da ilha de São Miguel. É rico em variedade de jardins e de parques que se estendem ao longo de todo o concelho. Nos seus miradouros poderá apreciar a fusão da imponente vegetação envolvente com as encostas altas que recortam o mar.

 

O Miradouro da Ponta da Madrugada situa-se no extremo leste da Ilha de São Miguel, na região Nordeste, bem no topo de uma bonita falésia, onde a natureza mostra a sua essência com panoramas de grande beleza. Vale a pena daqui apreciar o nascer do sol.

O miradouro da Ponta do Sossego é de todos o mais emblemático, apresentando aprumados recantos. A área ajardinada abrange cerca de 13000m2, distribuindo-se em socalcos desnivelados.

A Freguesia de Povoação, é o local onde pisaram os primeiros povoadores da ilha de São Miguel.
Dos pontos turísticos obrigatórios de visita destacam-se o Jardim Municipal, o Parque Zoológico e os vários miradouros de onde se avistam deslumbrantes panorâmicas.


As Furnas tem muito para oferecer, nomeadamente a lindíssima Lagoa das Furnas, o Vulcão das Furnas, as suas Caldeiras com as famosas lamas medicinais e, além de outras belezas, o Parque Terra Nostra, um dos mais belos jardins do século XVIII.

A vila tem mantido a sua tradicional pacatez a par de um bonito e interessante património natural e arquitectónico. Daqui se avista e acede ao maravilhoso Ilhéu de Vila Franca do Campo, localizado a cerca de 1 Km da costa da vila, numa cratera de um vulcão extinto, classificado como Reserva Natural.